Intercâmbio de Au Pair: Trabalhando nos EUA

Um dos sonhos de diversas jovens brasileiras é ter a oportunidade de trabalhar nos Estados Unidos. No artigo de hoje, trazemos um assunto bastante popular e detalhamos algumas informações sobre o intercâmbio de Au Pair: trabalhando nos EUA. E por que utilizamos o termo “jovens brasileiras” no feminino? Começamos por aí, o fator principal é que o programa tem um foco especial para meninas. Existem situações de exceção, porém hoje traremos os detalhes das regras que são padronizadas pelas instituições estadunidenses.

Os pré-requisitos para participar do programa de Au Pair

Os pré-requisitos para participar do programa de Au Pair

As regras das instituições dos Estados Unidos são bastante rígidas, e devem ser seguidas à risca para que você possa realizar o seu intercâmbio com tranquilidade. Entre elas, é necessário ser mulher, e o embarque precisa ocorrer entre os 18 e 26 anos de idade. Tendo a idade ideal, você pode começar a se preparar para realizar o intercâmbio.

Outro ponto importante é comprovar o conhecimento intermediário, no mínimo, do inglês. O nível é avaliado pela própria tm, com um teste oral, feito antes de iniciar o processo.  É necessário ter um bom conhecimento, pois você será responsável por crianças e bebês, e é preciso que consiga se comunicar de maneira tranquila no dia a dia, tanto com as kids quanto com os pais. Dito isso, outro aspecto prioritário é a disponibilidade. É necessário que você tenha a possibilidade de ficar no mínimo 1 ano morando com a família. O programa ainda é renovável, caso deseje, por mais 12 meses.

Além disso, é preciso ter completado o ensino médio, gostar de crianças e comprovar experiência (no mínimo 500 horas nos últimos 4 anos). Não pode ter tido visto negado para os EUA no passado, e nem são aceitas meninas que têm filhos. Por último, mas não menos importante, é preciso ter CNH definitiva, e tirar o PID antes do embarque.

Como o intercâmbio de Au Pair funciona?

Como o intercâmbio de Au Pair funciona?

Vale dizer que o programa tem um investimento para a inscrição, porém o retorno é muito bom. Após ser aprovada e dar match com uma família, quem se responsabiliza pela sua passagem aérea são os pais que irão lhe receber na casa. Dessa maneira, as passagens aéreas são um custo com o qual você não precisa se preocupar. Porém, é necessário se preparar para tirar o visto americano, pois essa sim é uma responsabilidade da Au Pair.

Você irá morar na casa da família, tendo um quarto individual e todas as refeições incluídas. A família costuma emprestar o carro para você levar as crianças para a escola e outras atividades, e muitas vezes também pode liberar para que você use o carro para fins pessoais, mas lembrando que isso vai depender da família e do local onde a família reside, ok?

Vale também frisar que o programa pode ocorrer em qualquer lugar dos Estados Unidos, sendo assim, é sempre bom se inscrever de coração aberto, para ir conversando com as famílias e considerar um match de acordo com a identificação com a família, e não com a localização de onde moram.

A partir do momento que você chegar na casa, a família lhe passará todas as responsabilidades, quais são os seus horários de trabalho, assim como as regras gerais da casa. Nunca é demais lembrar: é uma outra cultura, por isso esteja de mente aberta para o novo e diferente, desde os horários da rotina, até as alimentações podem ser completamente distintas do que está acostumada. O salário que o programa paga é USD$195,45 por semana, com carga horário de 40 horas semanais.

Durante todo o seu período como au pair, você será remunerada semanalmente e ainda poderá contar com vários benefícios (para entender melhor o que está incluído no programa, vale acessar nossa página sobre o intercâmbio de Au Pair). Toda semana a Au Pair tem direito a um dia de folga, e a cada mês, um final de semana completo descansando. Ao final do primeiro ano, tem ainda o Grace Period, que nada mais é do que a permissão de ficar legalmente por um mês após o término do programa nos EUA. Assim, é possível viajar e conhecer cidades das quais ainda não conheceu.

Como são as famílias que recebem as Au Pairs?

Como são as famílias que recebem as Au Pairs?

Sem sombra de dúvidas, esse é um tópico de grande importância, principalmente, para que possamos alinhar as expectativas de todas as pessoas que desejam participar deste programa de intercâmbio. Um bom ponto de início sobre isso é que as famílias são diversas e não seguem um padrão.

Podem ser famílias com pai e mãe, apenas mãe, dois pais, duas mães. Além disso, o número de crianças também pode variar. As idades são distintas também, desde pequenos bebês, até adolescentes, que apesar de serem mais independentes, demandam outros cuidados importantes na rotina do dia a dia.

Além disso tudo, as famílias podem ter qualquer etnia, desde que estejam residentes legais nos Estados Unidos. Podem ser pessoas brancas, pretas, de descendência asiática ou muitas outras. Também podem seguir qualquer religião, ou então, não serem adeptos a nenhuma religião específica. Como já citamos, podem ser de qualquer região dos Estados Unidos e também com os mais diferentes perfis e características. Dessa forma, fica fácil entender que nada está escrito em pedra e porque costumamos dizer que você precisa iniciar o processo de coração aberto, não é?

É claro que você saberá como é a família antes do embarque, pois fará a entrevistas por vídeo e terá conversas antes de embarcar. Mas a moral desse história é: o mais importante para que o intercâmbio tenha uma grande tendência de dar certo é você estar aberta ao novo e ao diferente. Sendo assim, fica mais fácil a adaptação e a relação entre a Au Pair e a família.

Outras possibilidades de programas de Au Pair

Outras possibilidades de programas de Au Pair

Caso você se identifique com o programa de Au Pair, porém tem o desejo de morar em outro país, a tm possibilita outros dois destinos, a Alemanha e a Holanda. Para cada um deles, algumas regras diferentes se aplicam, como pré-requisitos e língua exigida, então é importante conversar com um dos nossos especialistas para entender cada detalhe e claro, entender qual pode fazer mais sentido com o seu perfil e seus objetivos.

Se você gostou dessas dicas e quer mais informações, converse com um de nossos especialistas e entenda todas as possibilidades. E não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais @travelmateintercambio para ficar sempre por dentro dos nossos conteúdos, dicas, promoções e condições exclusivas!