Quais são as exigências para viajar em 2022?Se você tem acompanhado as notícias, seja pela televisão, rádio ou internet, deve ter reparado que as exigências dos países mudou bastante com o avanço da vacinação ao redor do mundo. Até uns meses atrás, a maior parte dos países estavam sendo bastante rigorosos e cuidadosos com os viajantes internacionais. Porém, com boa parte da população brasileira vacinada, quais são as exigências para viajar em 2022? Essa é uma das principais dúvidas dos intercambistas. Sendo assim, trazemos algumas respostas para te ajudar no seu planejamento e preparo.

Vacinação completa ou com reforço

Vacinação completa ou com reforço

A maior parte dos países que recebem os brasileiros, como Estados Unidos, Canadá e Inglaterra, diminuíram o nível de exigência para brasileiros que já receberam duas ou três doses da vacina. No caso dos idosos, em muitos casos, é possível que já se tenha recebido até a quarta dose.

Mas o que isso significa na prática? É importante entender que a pandemia não terminou, e que os países podem sim ter regras rígidas. Porém, boa parte das nações, têm solicitado apenas um teste de COVID, que a depender da região, pode ser o teste rápido, ou então o antígeno. Esse teste deve ser realizado 48 ou 24 horas antes da viagem, a depender do destino.

No caso do resultado ser negativo, você poderá viajar e não será necessário fazer quarentena. O que é uma excelente notícia. Anteriormente, países como Inglaterra, exigiam quarentena de até 15 dias em hotéis que o próprio governo britânico escolhia. Como consequência, o preço da viagem encarecia muito. Por fim, fica aqui a recomendação, se ainda não tomou as doses da vacina, vale reforçar essa dica. Assim você recebe mais proteção e gasta muito menos na chegada ao país.

Utilização de máscara de proteção

Utilização de máscara de proteção

Essa é uma informação importantíssima, principalmente porque muita gente é pega de surpresa. Apesar da máscara ter sido liberada na maioria dos estados brasileiros. Essa realidade não é parecida com boa parte do mundo. Na Alemanha, por exemplo, a utilização da máscara PFF2 é obrigatória em todo e qualquer estabelecimento fechado.

Mais do que isso, é necessário viajar de máscara para qualquer voo que for fazer. A utilização da mesma também é mandatório a partir do momento em que você entra num aeroporto. Sendo assim, todos os viajantes precisam estar de máscara cobrindo o nariz, boca e queixo durante a viagem. E quando, por qualquer razão, algum passageiro retira a máscara, os comissários de bordo solicitam para que recoloque-a.

Se informe com um dos especialistas da tm sobre a obrigatoriedade do item no país do qual você fará intercâmbio. Assim, poderá se preparar e levar algumas descartáveis. De qualquer forma, na maior parte do mundo, é um item que conta com um preço baixo, e que é vendido na maioria das farmácias e mercados.

Carteirinha de vacinação (no destino)

Carteirinha de vacinação (no destino)

Mais um aspecto que envolve a vacinação, é a carteirinha. Um facilitador, é baixar o app, que normalmente conta com a opção de tradução para o inglês. Idioma no qual você consegue mostrar para a maioria das pessoas ao redor do mundo.

Em alguns países, você só poderá frequentar lugares fechados, como restaurantes, bares, baladas, museus, se comprovar que tomou a vacina. Por isso, é bom lembrar de estar com a carteirinha atualizada. Querendo ou não, os passeios são algumas das principais experiências durante a vivência em outro país.

Ou seja, esse tópico específico vai variar bastante, locais como Dubai, nos Emirados Árabes, atualmente não pede mais a carteirinha, porém isso ocorre porque a vacinação avançou de forma considerável no país. E ao mesmo tempo, eles vacinam gratuitamente todas as pessoas, inclusive os estrangeiros. Ao mesmo tempo que alguns países da União Europeia são muito rígidos nesse quesito.

Alimentação nos voos

Alimentação nos voos

Ao contrário dos voos nacionais, onde as alimentações estão suspensas em por regras de segurança da ANVISA, nos voos internacionais você terá as alimentações servidas pelas companhias aéreas. As regras, de modo geral, continuam envolvendo diversos cuidados, como a utilização da máscara nos momentos em que não estiver comendo nem bebendo nada.

Dessa maneira, os próprios comissários de bordo farão as recomendações durante os anúncios que ocorrem no voo. Indicando quando é recomendado a retirada da máscara para que possa fazer sua refeição. Assim como antes da pandemia, as alimentações costumam ocorrer de acordo com o horário de sua viagem.

Ou seja, se for viajar no período noturno, a primeira refeição a ser servida será o jantar. Caso o seu voo seja longo, deverá ter um lanche, seguido de um café da manhã. Acontece o contrário caso seu voo seja iniciado na manhã, com o café da manhã primeiro, seguido do almoço. Sempre respeitando a lógica do horário que saiu do Brasil.

Se você gostou dessas dicas, e quiser maiores informações, converse com um de nossos especialistas e entenda todas as possibilidades. E não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais @travelmateintercambio para ficar sempre por dentro dos nossos conteúdos, dicas, promoções e condições exclusivas!