High School nos EUA: programas para todos os perfis de estudante

Realizar uma parte do ensino médio no exterior é um sonho de muitos jovens que estão nessa fase da vida. Hoje, trazemos um artigo que fala sobre o High School nos EUA: programas para todos os perfis de estudante. Antes de tudo, é importante que falemos sobre os pré-requisitos. De qualquer maneira, vale destacar que essas demandas podem mudar de acordo com a instituição ou o tipo de programa escolhido.

Pré-requisitos do High School

Pré-Requisitos

É necessário, na maioria dos programas, ter entre 14 a 18 anos. Sobretudo, é obrigatório ter conhecimento intermediário do inglês, sendo que em algumas instituições pode ser exigido um intermediário alto, quase avançado. Para que se comprove o nível do idioma, todo candidato a programa de High School precisa fazer um teste. Este, por sua vez, é disponibilizado pela TM, e não tem custo para os alunos.

Outro pré-requisito é que você deve estar cursando o ensino médio. Sabendo que tudo isso está OK, é necessário escolher o período que deseja estudar, que pode ser, inicialmente, entre um e dois semestres acadêmicos. Nesse meio tempo, os alunos e suas famílias escolhem a modalidade do ensino médio, das quais falaremos sobre as possibilidades a seguir. Por último, mas não menos importante, é preciso fazer uma entrevista com um dos especialistas da TM.

HPA (High School Público Americano)

High School

A primeira opção é o HPA sem escolha, onde o estudante e a família escolhem apenas os Estados Unidos como país de destino e este poderá ser colocado em qualquer cidade e estado dentro dos USA. Porém, é importante frisar que, nessa modalidade o aluno pode cair realmente em qualquer cidade dos EUA. Em outras palavras, é comum que fique em pequenas vilas ou cidades do interior, muitas vezes com menos de 5 mil habitantes, ou seja, é necessário que a família toda esteja preparada e com a expectativa trabalhada para realizar a candidatura para este programa.

Já a segunda opção, HPA com escolha de estado, o estudante e a família indicarão 4 estados que mais se interessam e será garantida a colocação em um deles. Todas as vezes que falamos sobre esse programa, frisamos que a escolha do estado é respeitada, mas de novo, não existe garantia de localização em cidades específicas. De acordo com a instituição e família que aceitar determinado estudante, poderá estar tanto em uma cidade maior, quanto menor.

Para o programa High School Público americano, os alunos viajam com o visto J1. Definitivamente, as duas experiências são válidas, muda um pouco de acordo com o perfil de quem está procurando. Os valores de investimento também variam, quanto mais específica a garantia, maior o investimento feito.

High School Com Escolha

High School nos EUA: programas para todos os perfis de estudante

Nessa modalidade, o estudante e a família podem escolher entre mais de 10 opções de cidades dentro dos Estados Unidos. Nessa lista, há cidades de todos os portes e para todos os perfis de estudante. E assim como nas outras opções citadas até aqui, o estudante ficará hospedado em uma casa de família.

Isso quer dizer que uma família estadunidense vai escolher receber o aluno. Nesse sentido, é de extrema importância destacar que a diversidade deve ser respeitada, e a expectativa quanto a isso, trabalhada. E o que isso significa? É simples, as famílias podem ter absolutamente qualquer perfil. Pode ser um casal com ou sem filhos, com ou sem animais de estimação, que segue ou não alguma religião, de qualquer raça e também com qualquer orientação sexual. Ou seja, as famílias podem ter as mais diversas formações. Com o intercambista e sua família brasileira estando abertos quanto a isso, a experiência tem tudo para ser incrível.

Por ser um intercâmbio no qual o estudante tem mais garantias, o valor de investimento é intermediário, mais alto do que o High School Público, e mais baixo do que o boarding school, que falaremos a seguir. Nessa modalidade você viaja com o visto F1.

Boarding School

High School nos EUA: programas para todos os perfis de estudante

Aos que não sabem, Boarding Schools são escolas privadas, em regime de internato, ou seja, os estudantes moram na própria escola ou em casas que ficam nos arredores, sob tutoria de um casal, contratado pela escola, que é chamado de dorm-parents. A TM trabalha com boarding schools na Flórida, no Texas, em New York e em Massachusetts.

Em suma, é possível notar que existem bem menos opções nessa modalidade. Além disso, esse é o que depende do maior investimento entre todas as opções oferecidas nos EUA. Sobre os estudos, é importante saber que as vagas nos boarding schools são majoritariamente preenchidas por estudantes internacionais, ou seja, raramente são alunos estadunidenses que estudam por ali.

Em contrapartida, muitas dessas instituições estão entre as mais renomadas do mundo, e preparam os alunos para ingressarem em universidades em diversos países, não apenas nos Estados Unidos. Tanto nessa modalidade, quanto em outras já citadas neste artigo, os alunos têm a possibilidade de estudar disciplinas curriculares das mais diversas, que vão desde gastronomia, até robótica, dependendo da escola, além de também ter acesso a um leque imenso de esportes para praticar como atividades extracurriculares.

Logo, como dissemos no título, existem programas de High School nos EUA para os mais diversos tipos de perfis. Caso tenha qualquer dúvida, nos chame para conversar. E não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais @travelmateintercambio para ficar sempre por dentro dos nossos conteúdos, dicas, promoções e condições exclusivas!

Newsletter

Tudo sobre intercâmbio
cadastre-se para receber novidades sobre intercâmbio