Que atire a primeira pedra quem nunca assistiu um filme estadunidense ou tem como artista favorito um cantor ou cantora americana. As crianças conhecem o mundo mágico da Disney ainda pequenos e o sonho de conhecer o país passa a ser um objetivo na vida adulta. Com a Valentina Durli Pedroso foi assim. Desde os 10 anos ela pensava em viver uma experiência nos EUA, queria estudar em Harvard. A faculdade na América do Norte virou realidade e agora a ex-estudante de High School se prepara para estudar Marketing na Indiana University Bloomington. Conheça sua história! 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A Indiana University Bloomington foi o lar de pessoas importantes, como as autoras contemporâneas Suzanne Collins e Meg Cabot, a apresentadora Sage Steele, e um dos fundadores da Wikipédia, o empreendedor Jimmy Wales. Em agosto será a vez de Valentina, 17 anos, natural de Palmas, Paraná. A mate escolheu Marketing por ser comunicativa e gostar do mundo dos business, como ela mesma disse. “Acredito que vai ser uma experiência bem diferente do High School na Flórida”, conta.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Valentina fez o High School na The King´s Academy, em West Palm Beach, Flórida. O sonho de estudar fora do Brasil se concretizou após uma conversa com os pais, que passaram a procurar as melhores possibilidades para a filha. “Quando decidimos, minha mãe começou a procurar por agências de intercâmbio. A TravelMate foi indicada por uma conhecida dela, que tinha uma filha que estudava em uma boarding school na Flórida também”. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Adaptação e saudade

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Além de Tina, como é chamada carinhosamente, sua prima também fez o mesmo intercâmbio. “Ela foi comigo, então a gente acabava se apoiando muito em relação a questão da saudade da família. Fora isso, eu tive muita sorte de conhecer pessoas incríveis que se tornaram uma segunda família pra mim”, compartilha.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Sim, a saudade foi grande, mas entre as maiores dificuldades, Tina pontua a adaptação ao sistema educacional, totalmente diferente do brasileiro. Outro fator foi a pressão interna de se sentir “atrás” em comparação aos colegas estadunidenses. “Essa experiência me fez uma pessoa muito mais independente e me ensinou que sou muito mais forte do que imaginava ser. Me deixou mais confiante e me mostrou a importância de ter um bom relacionamento com as pessoas que eu convivo”. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Intercâmbio durante a pandemia

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A modalidade de intercâmbio escolhida pela Tina foi o High School,  um programa em que o estudante tem a oportunidade de cursar um semestre ou um ano letivo de ensino médio em outro país. Além de estudar em uma escola típica, o intercambista vivencia a cultura do país no dia a dia, morando em uma residência estudantil ou casa de família. No caso de Tina, ela morou em uma residência com outras estudantes, que era cuidada por Dorm Parents, um casal de adultos que mora nessa residência e fica responsável por tomar conta dos estudantes.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O intercâmbio no formato High School inicia no primeiro semestre (entre janeiro e fevereiro) ou no segundo semestre (entre julho e setembro), de acordo com o calendário acadêmico de cada país. “Era para eu ter passado três anos na The King´s Academy, mas por conta da pandemia fiquei praticamente um ano no Brasil, então foi um pouco menos. Me formei em maio de 2021”, conta. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“Lidar com a pandemia nesse momento foi bem desafiador, eu vim para o Brasil no final do meu junior year e só consegui voltar no último bimestre do meu senior year. Foi bem triste perder meu último dia de aula no High School e tantos outros eventos importantes, assim como foi desafiador acompanhar as aulas de maneira remota, já que elas eram gravadas na sala de aula e postadas à tarde pros alunos remotos assistirem”. Apesar desse contratempo inesperado que atingiu todo o planeta, Tina afirma que a experiência foi incrível e que com certeza apoiaria e encorajaria seus futuros filhos a fazerem um intercâmbio.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

High School nos EUA é como nos filmes?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Tivemos que perguntar à nossa mate se a experiência dela foi como nos filmes! Diz aí, Tina: “Acho que tem aspectos que são bem parecidos, como os grupinhos no almoço e o baile, mas tem outras coisas que são bem diferentes. Mesmo na minha escola, que tinha um programa de artes ótimo, não é igual High School Musical, que o povo sai cantando pelos corredores”, explica.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Se assim como a Valentina você também pensa em fazer High School em outro país, não embarque antes de ler “5 DICAS PARA ESTUDANTES QUE VÃO FAZER HIGH SCHOOL” elaborada pela nossa mate, confira:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Conheça bem seus dorm parents⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

No meu intercâmbio, morei em uma residência com dorm parents e algumas outras estudantes. Os dorm parents estão lá como seus responsáveis, eles trabalham para a escola, e vão cuidar de você e te auxiliar no que for necessário. Tenha uma boa comunicação com eles, estabeleça uma relação de confiança. Vai te ajudar muito.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Não tenha medo de conversar

Claro que na primeira semana você vai ficar mais tímido, ainda se soltando, mas não tenha medo de conversar e interagir com seus novos colegas e com as pessoas em geral. Você está lá para aprender ou aperfeiçoar o idioma. Faça amizades, seja simpático, é diferente do que no Brasil, mas vai ser especial e vai te transformar.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Viva novas experiências

Não tenha medo de experiências novas, tente coisas diferentes que você não teria oportunidade no Brasil. Faça aulas diferentes, tente novos esportes, se jogue na experiência que é o intercâmbio. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Não fale com seus pais todos os dias

Pode parecer estranha essa dica, mas fale com seus pais apenas o necessário. Se você ficar ligando todos os dias, pode te deixar com mais saudades. Ligue por chamada de vídeo 1 vez por semana, mas não todos os dias.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Entenda que sua vida é ali

Viva o momento e sua nova realidade com intensidade. Deixe para trás algumas coisas, não queira saber de tudo da sua cidade e dos seus amigos. Não queira saber as fofocas do que está rolando. Sua vida é lá agora, não fique preso ao que passou. Aproveite cada segundo porque passa rápido e vai deixar saudades!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Se você está decidido a fazer High School em outro país, ou ainda tem dúvidas, converse com nossos consultores especializados! Nosso time vai ajudar você e sua família a entenderem o processo, as regras, direitos e deveres, assim como escolher o melhor destino de acordo com os seus objetivos. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais @travelmateintercambio para conferir nossos conteúdos, promoções e condições exclusivas em primeira mão.